Até algum dia Au Pairs: bye, bye. . .

Olá minhas queridas Au Pairs, Futuras e agora, amigas.
Sei que tá enorme o post, mas gostaria que lêssem tudo, to explicando tudo ai em baixo:

Tenho me segurado pra não chorar, e não escrever um big post, pois sei quanta preguiça dá de ler post grandão, mas preciso vim aqui, conversar com vcs, e explicar tudo o que vem me acontecendo. Ao som da banda Secondhand Serenade, que é a banda batizei para mminha trilha sonora na vida de Au Pair (Sempre que escutava músicas deles, me imagina nos EUA). Mas então, nesse feriado, imendei no serviço, e não trabalhei, pensei eu, Oba! tempinho bom pra agilizar ainda mais meu app, estudar inglês, visitar mais blogs de Au Pairs, sair mais com meu namorado e blá, blá, blá.

Ai na quarta, até então meu atual namorado: Matheus, foi me buscar na Facul. Ele tava com a carinha triste, e disse que precisávamos conversar, (Tinha mandado uns emails pra ele, dizendo que eu tava confusa com nossa relação, e que não sei se era isso que eu queria no momento). Conversa vai, conversa vem, choros e mais choros, até que saiu a frase: Estamos precisando de um tempo; Ele me beijou, disse que era apaixonado por mim, e eu disse o mesmo. E então ele entrou no carro, me olhou (com aquele triste olhar de despedida), abaixou a cabeça e partiu... Na hora, sentei no chão e comecei a chorar muito, não assisti aula e fui embora pra casa. Eu chorava tanto dentro do onibus, que o trocador veio conversando comigo, rs... COntei a hostória toda e tudo mais. Sendo que a semana já vinha sendo difícil, com problemas com meu pai, por causa do Au Pair (Lembra do post anterior que disse: Nem sei como to respirando ainda? Pois é, era por causa do meu pai.) Ele realmente NÃO ACEITA, intercâmbio antes de me formar, parou de conversar comigo desde o começo da semana passada, nem me dava bom dia, pra vcs terem idéia. Minha semana tava muito difícil de passar, e não sei mais quê serviria o prolongado feriado, sendo que o clima la em casa não tava nada bem.

Minha mãe conversava comigo, e disse que não me impede de fazer o intercâmbio, pois acho que eu tenho o direito de realizar meu sonho, e tal. Mas aí ela me disse, que meu pai disse a ela, que não ia mais pagar a faculdade, pois se eu iria largar semestre que vêm, pra ele pouco se importava se é agora ou depois, disse que não vai pagar e ponto final. E que quando eu voltasse, eu que me virasse pra formar, pois ele já não teria mais filha. Nisso, um turbilhão de pensamentos passavam na minha cabeça, tristezas, choros, fiquei muito mal.

Comecei a pensar em TUDO, tudo mesmo, e ví que se eu for no começo do ano que vêm, vou parar no 6º período, e quando voltar, não terei condições de pagar minha facul e sei que meu pai não irá amolecer e pagar depois que eu voltar, porque aí, meu outro irmão tbm estará na faculdade e claro, dará apoio a ele. Comecei a pensar, tentar achar soluções, respostas, saídas, quando nada apareceu, á não ser fazer o que ele quer. É isso mesmo girls, estou adiando o sonho de ser Au Pair. Eu tenei ser forte, e acredito que fui até o presente momento, mas não consigo mais, mesmo querendo realizar este sonho, não posso colocar em risco meu futuro profissional, sendo que se eu for, nem semestre que vem ele vai pagar, e quando eu voltar, ter que estudar mais 4 semestres, não vai dar. To com o coração apertado. Vcs não podem nem imaginar o quanto.

E depois disso tudo, venho aqui, pedir pra vcs, cuidarem bem da minha prima PRISCILA, que depois de tanto custo, decidiu ser Au Pair, e to mais feliz que nunca por ela, e se eu tivesse na pele dela, eu não teria pensado 2 vezes. Sei que algumas de vcs já visitam o blog dela, mas quem ainda não visitou o bloguinho dela é: http://pricaaupair.blogspot.com

Venho Aqui agradecer a TODAS, vou continuar acompanhando suas Au pair's life, então: Ana Paula ruiva, Aninha Paula, Bárbara, Carla, Carol, Cibele , jack, Letícia, Lu poroli, Cooper, Mariana, Michelle, Nanda, Nanizinha, Neila, Pâmela, e minha chará que é uma flooor Teh, e claro, minha prima Pri, que sempre me apoiou desde o comecinho, e que é a irmã que Deus não pode me dar, mas que veio na minha vida como forma de prima, e todas as outras Au Pairs, futuras e Ex, que sem pre me ajudou, direta ou indiretamente, apenas criando o blog, e me deixando sonhar com elas, AHHH, e duas pessoas especias que foram pela minha agência de Bh: Laurinha e Suélen, que me ajudou TODOS os dias que precisei, por orkut, email, tudo, e que mesmo com a correria nos EUA, teve um tempo de ajudar uma pessoa que nem conheciam.

Obrigada meninas, vcs foram incríveis comigo, nem sei como agradecer. E também duas meninas da minha agência em BH : a Isabela, minha agente e a Foooooooooooooofa da Lírian que é a mocinha que cuida do nosso App, que é um anjinho mesmo, HIPER paciente, que me ajudou sempre, conversou comigo e me deu um ombro virtual pra chorar minhas dores, rs... Já adoro ela, até add uma a ourta no orkut vamos, pra terem idéia, pena que quando ia na agência não conversava muito com ela, como por MSN hoje.

Bom, nos vemos em 2010 girls. ( =( ) E como a frase do meu MSN diz: People Always Leave. . .

Vou colocar um vídeo que há um tempo atrás fiz pro povo da minha sala da facul, tava triste que não ia formar com eles, que são meus grandes amigos mesmo e mesmo, e acho que a unica coisa boa é que em Julho de 2010 jogarei aqueles chapéuzinhus vestida de beca, para o alto com eles, e nadar no chafariz no meio do pátio da facul com todos eles.

Amigos da Facul, minha sala:



Especiais na minha vida:





Até algum dia Meninas. . .



7 Responses
  1. By JU Says:

    Steh, nem tenho palavras, que pena que não será au pair esse ano
    (2009).Deve ser barra mesmo mas ir sem os consentimentos dos pais é pior ainda, eles são o nosso apoio...Então amiga, te desejo toda sorte do mundo, sei que em breve vc será au pair e vou torcer muito por vc...Mas quero que nunca desiste de seus sonhos, lembre-se vc só irá adiar ok?
    Mas continue dando força p gente, vc é muito importante...
    Bjs
    *Qual quer coisa estamos aí*Falo por todas as au pairs..


  2. Jeny Says:

    Oieeeeeee

    Nossa, que história que vc esta passando hein.
    Não posso dizer o que é melhor para ti, cada um tem que fazer a melhor escolha para si mesmo.
    E se esta é tua decisão... pronto.... nao interessa o que os outros te digam. Siga em frente. E olha... 2010 nem esta tão longe e lá vc pode começar a pensar novamente no programa e ver se é realmente isso que vc quer!

    Te desejo muuuitas felicidades viu. Eu estou terminando a faculdade e foi importante terminar. Esperei até o último minuto. Não por imposição, mas por ter medo de que quando eu voltasse, não quisesse terminar. Para mim foi o melhor. Agora vou formada e se der tudo certo faço um mestrado lá fora depois do programa!!!!

    Boa semana!
    Bjusssssssssssss


  3. Michelle Says:

    ah Stephanie nossa to passada! Se é sua decisão final então vamos ter que aceitar né, apareceram muitas barreiras no meu caminho, um dia desabei com uma amiga minha e comecei a chorar pa até então tudo parecia dar errado, meu pai ia pagar o meu au pair mas acabou dando pra trás e hj eu to no spc pq resolvi pagar sozinha, paguei tudo mas tive que adiar minha viagem ao invés de ir em julho só posso ir em setembro e olhe lá pq só ai vou ter pagado todas as minhas dividas mas ainda nem sei se vou ter dinheiro para levar, ainda to uma situação dificil mas to superando e no momento parece que eu estou feliz e em paz comigo mesma, pq to conseguindo superar um limite meu e saindo da barra da minha familia.
    Tenho certeza que a sua hora vai chegar, tenha em mente que a vida é feita de escolhas e vc tem que seguir seu coração para saber o que te faz feliz.
    Obrigada por me citar no seu blog, em pensar que eu vim para comentar e dizer que coloquei as minhas fotocolagens no blog que vc queria ver.
    bjs


  4. Sté... Nossa... ás vezes a gente lê coisas que fica sem palavras pra expressar o que sentiu quando as leu... Eu na realidade senti vontade de te dar um abraço, porque eu sei como você se sente, eu sei que todo mundo diz isso e que é difícil a gente acreditar... mas eu sei sim, esse meu feriado foi tão bombastico quanto o seu... Mas olha, uma coisa eu posso te garantir, tudo nessa vida passa... o que hoje é dor amanhã vai ser apenas uma parte da sua história, algo que lhe ensinou a superar obstáculos que te fez crescer como pessoa. E te ensinou que a vida é cheia de caminhos, e que alguns são mais doloridos que outros, mas que de qualquer forma todos são superáveis, e que DEUS não dá mais do que podemos aguentar... Então segue firme, que uma hora essa dor vai passar... Tenha certeza...
    Eu sei que é quase impossível fazer uma coisa dessa sem o consentimento de nossos pais, porque caso precise de algo só a eles você poderia recorrer, eu de forma alguma concordo com a atitude de seu pai, mas vai ver ele é a ajuda do destino para não deixar você ir... Talvez seu caminho seja outro, e agora é difícil sequer imaginar qual seja, já que está focada na perda do caminho que gostaria de trilhar... Mas nada acontece por acaso.. e como a Linda da sua prima me disse:
    Deus escreve certo por linhas tortas... ou em inglês: "God has misteries ways to work"...
    E quanto a seu namorado.. relaxe... que isso você vai ter que aprender a viver sem, mas dúvido que fiquem separados... tenho certeza q se amam... e espero que possam ser felizes.!!!

    Então sorria que quando se sorri a vida brilha!!!!

    beijão e boa sorte na sua nova jornada... e não esqueça de dar notícias oka?
    beijão


  5. Lú Poroli Says:

    Poxa muito triste isso... mas como já falaram deve ser complicado ir sem consentimento dos pais... mas tenho certeza que vc encontrará seu melhor :) beijos


  6. Nani Says:

    Oi, linda... muito chato tudo isso... mas sei que vc é forte e que tudo vai dar certo pra vc viu?
    Tenha fé e força, adie seu sonho, mas não desista jamais!!!

    Um grande bjo, to aki se precisar conversar tá?

    =**


  7. Priscila Says:

    Oiii Priminhhaaaa, é com muita dor que post aqui para você. Uma pessoa que desde o início SEMPRE me deu a maior força para ir antes de formar, que me ajudou mostrando inúmeras fotos, sofreu por minha indecisão, não queria abrir mão deu ir depois de formar, me mostrou todos os pontos negativos. EU sinceramente estou inconformada, porém, senti na sua pele como é ter uma negação da família.
    Tive pesadelos com isso. Sei que não é nada saudável conviver com isso e vc fez o que seria melhor para vocÊ.
    Eu pensei assim: Não vou depois de me formar, pq eu já seia advogada e não estaria afim de cuidar de criança enquanto eu poderia estar exercendo minha profissão. Estaria muito fria perante à minha graduação e minha inserção no mercado de trabalho estaria complicada.

    MAs cada profissão é uma profissão, direito é diferente de tudo o que se possa imaginar.

    Já jornalismo, vc não teria que prestar uma prova ao final do curso para ser jornalista, ser jornalista é imprescindível ter ingles em qualker atuação q vc faça, já direito, nem sempre, depende do ramo que eu vou escolher.

    Então, o que eu vejo é que se vc ir depois de formada, não haverá maiores problemas, pois vc teria q ter ingles de toda forma.

    E eu como não é tão imprescindível assim, ia acabar não querendo ser mais au pair etc.

    Já que vc tomou sua decisão, boa sorte prima, q vc não desista de seu sonho em 2010 e muito obrigada por me ter deixado mais confiante para ir.

    Obrigada pela linda homenagem que tenha feito pra mim em seu blog, confesso que até me emocionei. Obrigado por sua dedicação a mim. Eu sei que as vezes eu sou meia turrinha, mas não é por mal.

    Te amoo muitooo priminha, que Deus possa atender seus aclamados.

    Vc é minha terceira irmã. rsss...

    E não precisa de despedir das meninas não. Não aceito vc nos abandonar. vc tem que continuar com seu blog.

    Milhoes de Bjinhus pra vc primex!!!
    TE AMOOOO!!!!
    TANTAO!!!