Porque nunca?

Há um tempo que tenho pensado em vir postar, mas sempre aquela desculpa: falta de tempo, preguiça, cansaço e blá. blá, blá. De fato, é verdade. Agora, com o fim de mais um semestre da facul, algum tempo me sobra para vim mais aqui.

Tenho estado triste nos últimos dias. Como é possível você gostar tanto de alguém, mesmo sabendo que não é recíproco? no dia 02/12 foi meu aniversário, e de todos parabéns que recebi tinha um que era o mais esperado.

Fiquei o dia todo conferindo email, Orkut, Twitter, e não desgrudava a mão do celular, na esperança de um alô ou um recado "especial". Porém, as horas foram passando, o dia chegando ao fim, e nada!

Uma dor no coração já vinha surgindo, e a certeza de que para ele esse dia passaria despercebido era certeza. E foi o que aconteceu.

O que mais me doía, era ver o descaso, por isso e por tudo. No dia do niver dele, nossa, parecia o meu. Rodei os shoppings a procura de um presente legal, liguei, mandei recados na net, fui encontra-lo, e tudo mais. Uma super questão de comemorar o dia em que ele veio ao mundo... Sem falar nos dias de tristeza e chateação que ele viveu recentemente, problemas pessoais, profissionais e adivinhem quem estava lá? Eu, claro. Sempre com uma palavra de conforto, e na tentativa de arrancar aquela dor que doía em mim também.

Não é cobrança, não é isso. Fiz porque tive vontade e fiz o que o meu coração pedia, mas uma consideração, ah, isso eu esperava.

A história não é de um casal de (ex)namorados, e nem sei se também posso definir como amigos. Nunca trocamos se quer um beijo. E nem por isso deixou de ser um sentimento verdadeiro. Pelo menos da minha parte.

Sei que a cada dia que passa, mais sinto por não estar com ele. Começo a achar que o problema deve ser eu por não conseguir fazer ele gostar de mim e me vê com os olhos que o vejo.

Ele decidiu pela a "outra". Não que tenha havido uma escolha.

Brookie Davis, no episódio 7x10 pergunta porque ela nunca pode ser a garota que fica com o garoto no final. Eu, pergunto a mesma coisa.

No dia seguinte, recebo um email falando que ele vacilou, que viu no orkut, mas passou despercebido no meu niver... Desejos de Parabéns, felicidades, luz foram escritos. Finalizou com: Um beijo, e uma assinatura automática do email com o nome e sobrenome... // triste isso.

A Internet é algo incrível. Eu mesma sou apaixonada por ela e estudo muito sobre. E por isso, nessas e outras pesquisas via Google, se ele por acaso cair neste blog, e saber que as palavras deste post foram para ele, eu apenas tenho a dizer:

"Gostei tanto de você, te vi com os olhos mais puros, discordei de pessoas que falavam algo contra a você, em troco de nada. Não se desculpe, você não tem porque fazer isso. Você teve alguém que quis ao máximo ficar com você, que apostou todas suas fichas, te dedicou todos os seus sonhos, e você me deixou partir. Foi sua escolha. Todos erram. Mas, a vida continua. Desejo que seja feliz. Sim, você merece..."

E por aí vai.
A cada dia eu sei que o que devo fazer é seguir com minha vida, ir pelo mundo a fora e correr atrás de novas histórias, novos amores... A eterna procura pela felicidade.

Estou mais que decidida a fazer meu intercâmbio ano que vem. A cada dia preciso mais e a cada dia a vontade é maior.

Desculpe-me pelo desabafo.

Beijos,
4 Responses
  1. Nagela Says:

    Sté,

    Fiquei comovida com o seu desabafo e olha minha linda. coisas da vidaaaa....a sua viagem como a minha tambem será a resposta de muitas perguntas que não temos aida...

    Me siga e vamos nos falando...


  2. Essas coisas são complicadas e doloridas mesmo, mas espero q passe logo!!
    Bjos


  3. Liny Says:

    Caramba.
    Esse post poderia ter sido escrito por mim também...
    não sei exatamente qual sua situação, mas acredito que a minha é parecida.
    Mas...uma hora passa.
    Força ai e anima e vamos fazer o intercambio sim!
    Beijoss


  4. Glau Ribeiro Says:

    Desabafa porque é bom. Pra aliviar. A gente as vezes espera das pessoas o que nós faríamos no lugar delas.. e se decepcionar faz parte do processo. No mínimo, a gente aprende. =)

    Desejo que fique bem. Logo.

    Bejos.