She's alive!

Yes, baby!

Não morri, to mais viva que o Silvo Santos...

Tenho MUITA coisa pra contar, e tbm fazer posts específicos, de acordo com o que me pediram pelos comments, e por msg no facebook...

Pra seguir a lógica do último post, eu tive um acidente de carro no EUA. Um acidente que resultou numa multa chegando dias depois na minha casa, e depois a notícia que eu iria pra court! Que para quem não sabe, é ir para o tribunal... Coisas de americanos.. Enfim...

Minha best tava comigo no dia do acidente e foi comigo pra court, afinal, minha bitch fofa, que é advogada tinha um assunto muito importante pela manhã e não poderia ir (receber o novo sofá da casa ¬¬) e o fofo tava na Turquia (fazendo trâmites com a Vanda, aposto, ahahahah), piadas a parte, a court era 25 de novembro e eu nem dormi a noite, sem saber o que fazer, o que falar, se iam me julgar, SEI LÁ! Sorte que minha LCC (Danielle Decker) foi um anjo e me orientou bastante!

Ok, chega o temido dia...
A minha anja, Mayra, estava lá comigo. Assim que chego, entro numa porta e depois vou falar com o advogado público, já que não levei, expliquei o que aconteceu e me declarei culpada, rs... (Super filme isso, aff, ahahah) Ela me perguntou se eu aceitaria fazer aulas de direção defensiva e ok.

Depois, vou pra sala do Juiz...

SIM, é igual vemos nos filmes, aquelas mesas la na frente de madeira, o juiz na sua frente, e tinha mais outras pessoas lá. Gente que foi pego com maconha, outros por acidente, etc...

Na hora que o Juiz chamou pelo meu nome, tremi até as bases, hahahaha.

Aí ele foi falando, falando e falando, e só falou as taxas que eu ia pagar e tal... Sei que tinha dado mais de 400 dólares! Na hora, dei uma de au pair falida, e falei que não tinha como pagar isso, pois eu só ganhava tanto por semana e etc... Super senti que o juiz foi com minha cara e deu uma risada e me mandou preencher uns papeis.. Preenchi e depois ele me chama denovo e fala que minha taxa caiu para 139 dólares e que poderia dividir para mim em quantas parcelas que eu quisesse... Olha que cute!

Como era um preço justo, paguei lá na hora e FIM. Detalhe que minha multa já tava inclusa nesses 139 dólares. #Sorte.

Depois disso, voltei para o covíl de onde eu morava, expliquei tudo e FIM.

Depois, eu tava na contagem regressiva para minha viagem para califórnia e juntando dinheiro enlouquecidamente, afinal, adoro GASTAR, principalmente na terra do consumismo...

E, eu estava com alguns planos após minha viagem, mas, que é assunto para outro post...

Meu voo para SF saia de NYC e depois de me perder um pouco, acabei chegando no JFK. Eu e uma colega dormimos no aeroporto pq nosso voo sairia beem cedo...

Depois de 6h chegamos na Califa e tive dias maravilhooooooooosos em São Francisco, Los Angeles e Las Vegas. Algumas fotos para ilustrar e tentarei voltar em breve :)

Beijos a todas e obrigada por ainda passarem por aqui. 
Passamos de 70 mil visualizações deste blog o.O

São Francisco









Los Angeles












Estúdios da Warner Bros
 
Coreto de Gilmore Girls e Hart of Dixie (Sonho MEGA realizado!!!)

 Cenário Friends


 Las vegas, babe!





 Mozão sempre presente

Almost Seven...


Olá minhas queridas leitoras e queridos leitores.

Gostaria de estar mais presente, mas TANTAS coisas (não tão boas...) aconteceram, que perdi qualquer ânimo de escrever aqui e da vida de Au Pair.

Daqui uns dias tento vir aqui contar de como é cuidar de adolescentes e etc. mas, no momento, venho aqui contar um pouco de coisas que estou sentindo e que gostaria de, aconselha-las, alerta-las do que pode acontecer neste ano de Au Pair. Afinal, é tão mais gostoso e fácil acreditar e sonhar que tudo será lindo, que aquelas fotos com bandeiras e bandeiras de EUA atrás de vc, mostra não só uma boa paisagem, como tbm uma vitória de ter conseguido chegar ali. Mas, tem a parte que não mostra de como é o VIVER durante a semana (já que FDS as au pairs geralmente fogem de casa, rs...) com a sua "linda, fofa" host-family.

Pessoas e famílias americanas boas existem? SIM! Mas, pelo o que vejo, escuto e vivo, vejo que a maioria não é aquela "Brastemp" o que significa estocar comida no quarto, pra não precisar socializar em um sábado de manhã, por exemplo. É aceitar lavar as roupas, cuecas e calcinhas da sua host family, sem receber nada mais por isso (principalmente, por não ser sua obrigação) - NÃO É MEU CASO, e ainda assim, ter quer colocar aquele sorriso de au pair de panfleto da Cultural Care numa segunda-feira no rosto, e que tudo tá lindo e vc feliz como nunca... #aham

Não quero desanimar ninguém, afinal, acho uma oportunidade incrível vir e viver em um outro país e recomendo todos os dias e todas as horas para qualquer um que me perguntar. Mas é sempre bom conhecer o outro lado da moeda, da história...

Como muitas sabem e devem ter lido, o que faz a au pair viver feliz mesmo aqui, são os dias que tem OFF. MEU CASO. Mas, nesse, nem tudo são flores, pesa muito durante esse processo, e, as vezes, de repente, a maior vontade que bate no coração, é de pegar o primeiro avião pra casa. MEU CASO - NESTE MOMENTO.

Precisamos de força pra seguir em frente, ser adulto e assumir as consequência do que vier por este caminho de 365 dias. Já me passou na cabeça tantas vezes querer ficar aqui por mais 6 meses ou 1 ano.... Mas, de repente, todo o sonho vira pó e minha vontade de continuar aqui vira 6 segundos, ou 1 milésimo...

Não sei se eu deveria estar escrevendo neste momento que estou meio deprê e cansada disso tudo, mas, acho bom vir mostrar que a vida não é cor de rosa aqui (não que eu pensasse, mas, há certas coisas que NUNCA imaginei passar aqui e estou passando =/ ). Que você precisa ser triplamente mais forte e determinada, se não, vc irá virar pó junto com os seus sonhos e objetivos...

Estou a alguns dias de completar 7 meses de EUA. QUANTA coisa já vivi... O que tem me "segurado" aqui ultimamente, é minha viagem pra Califórnia no fim do ano... Por que se não...

Bom, desculpe pelo post de chuva de verdades. Torço que encontrem uma boa família, ou que pelo menos, uma que te respeite, que é o mais importante.

Para não deixar o post em branco, algumas fotos dos únicos momentos felizes, que são os dias offs! rs...
Outono, Halloween, baladinhas, neve...

Beijos e até breve, se Deus quiser.
Ps. Obrigada pelos comentários... #inlove




















 Sauuudades do meu lindo... :(






Só assim pra não me sentir sozinha, dormir olhando pro meu amor...


Beiiiijo...